Colíder - Quinta-Feira, 09 Jul 2020
(66) 9.9680-3949
Colíder News
Banner Whatsapp O Seu Portal de Notícias
Hora Certa
Banner Whatsapp O Seu Portal de Notícias

Profissionais da saúde desabafam sobre dificuldades na pandemia

Integrante da equipe do Hospital Regional de Colíder (650 km ao norte da Capital), o técnico de enfermagem Willian Contini e os colegas precisam...

28 Jun 2020 às 10:09
Thalyta Amaral l GD

A pandemia do novo coronavírus não tem sido fácil para ninguém. Seja para os pacientes que precisam de atendimento ou mesmo para os profissionais, que mudaram totalmente a rotina para atender às novas exigências – muitas vezes se afastando das famílias – da profissão. Nas redes sociais, enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem de Mato Grosso compartilham sonhos, frustações e a rotina pesada que não sabem quando irá acabar.

 

Um levantamento do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) mostrou que em Mato Grosso, até 22 de junho, eram 130 profissionais da enfermagem contaminados pelo coronavírus, com 5 mortes. Lidando diariamente com o vírus, eles estão mais expostos e, consequentemente, tem mais chances de serem contaminados ou de contaminar os familiares.

Após um dos plantões no Hospital Municipal de Cuiabá, Andreia Pereira postou como legenda em uma foto em que chora. "Meu Deus, tira essa praga do mundo. Senhor, não deixe morrer mais nem um filho. Meu pai eterno tenha piedade".

 

Integrante da equipe do Hospital Regional de Colíder (650 km ao norte da Capital), o técnico de enfermagem Willian Contini e os colegas precisam não só dos equipamentos de proteção individual (EPIs), mas também de coragem para enfrentar cada plantão.

 

"Ainda não sabemos quanto tempo isto irá durar, mas não podemos deixa o medo ocupar nossas mentes. É tempo de ter esperança e de que acreditar que dias melhores logo chegarão. Logo tudo isto será passado", postou ele no Facebook.

 

A enfermeira Lorrany Nunes, do Hospital Regional de Rondonópolis (212 km ao Sul) compartilha com os colegas não só os cuidados redobrados durante a pandemia, mas também os anseios e medos que rondam o local de trabalho.

 

Reprodução/Facebook

profissionais saúde pandemia

 

"Quando se escolhe uma profissão você tem que estar ciente de todos os riscos. Eu escolhi enfermagem e lutarei até o fim, porque o meu único propósito é o cuidado com o próximo e o amor. É saber que de alguma maneira estarei aliviando a dor de alguém", escreveu Lorrany no Facebook.

 

Mas há também que aposte no bom humor para enfrentar os tempos difíceis. É o caso da médica Sharon Marjorie, também do Hospital Regional de Rondonópolis. Em uma montagem com os equipamentos de proteção ela mostra o lado "sexy" do trabalho.

 

Confira alguns dos desabafos

Galeria de fotos

image
image
image
image
image
image

Previsão do Tempo - Colíder

°

Máxima: °
Mínima: °

Publicidades

Direitos Reservados |