Colíder - Terça-Feira, 16 Jul 2024
(66) 9.9680-3949
Colíder News
Banner Whatsapp O Seu Portal de Notícias
Hora Certa
NetFácil Internet O Seu Portal de Notícias

Estudo revela que cafeína pode ajudar no combate ao Alzheimer

Pesquisa francesa sugere que consumo moderado pode desacelerar a progressão da doença

10 Jul 2024 às 06:03
Ciências e Tecnologia

Estudo do centro de pesquisas frânces Lille Neuroscience and Cognition apontou que a cafeína pode ser benéfica no combate ao Alzheimer. A pesquisa indicou que, quando em fase inicial, a substância pode auxiliar no retardamento da progressão da doença. A informação é da agência de notícias AFP.


Outros estudos epidemiológicos já haviam indicado que o consumo moderado e regular de cafeína diminuía as chances de desenvolver Alzheimer, desacelerando o declínio cognitivo que surge naturalmente com o envelhecimento.

Contudo, no novo estudo, publicado na última sexta-feira (5) na revista Brain, os pesquisadores do Lille Neuroscience and Cognition analisaram os mecanismos que desencadeiam da doença.

Segundo o trabalho, a cafeína tem efeito sob os receptores neurológicos que promovem a perda das sinapses. O dilatamento de forma anormal desses receptores pode contribuir para o surgimento precoce de problemas de memória em animais que têm Alzheimer.

“Podemos imaginar que, ao bloquear esses receptores, cuja atividade é maior em pacientes com Alzheimer, a cafeína poderia prevenir o desenvolvimento de problemas de memória e até de outros sintomas cognitivos e comportamentais”, disse David Blum, diretor de pesquisa.

Estudo contra o Alzheimer

No momento, a equipe da pesquisa está realizando um ensaio clínico no Hospital Universitário de Lille com 248 pacientes. O objetivo é avaliar o efeito da cafeína em pacientes que apresentam formas iniciais e moderadas do Alzheimer.

Metade dos pacientes receberá 400 mg de cafeína, enquanto a outra receberá apenas um placebo.

Acompanhe o nosso trabalho também nas redes sociais;

Siga a nossa página do Colidernews no Facebook.

Acompanhe nossas matérias no Grupo de WhatsApp.

Saiba tudo do nosso site na pagina oficial do Twitter.

Siga o Colidernews também no Instagram.

Faça parte do nosso grupo de notícias no Telegram.

Junte-se ao Grupo do Colidernews no Signal.

“Se o ensaio for positivo, isso nos encorajará a lançar um ensaio maior. Potencialmente, isso poderia significar que a cafeína pode ser usada como medicamento para tratar esta doença”, disse Blum.

LEIA TAMBÉM:

Estudo revela que ansiedade pode dobrar chances de desenvolver Parkinson

Estudo revela que remédio para diabetes e obesidade pode trazer risco de cegueira rara


Fonte: ICL Noticias

Previsão do Tempo - Colíder

°

Máxima: °
Mínima: °

Publicidades

Outros Destaques

Publicidades

Machado
Lanza Tec
Direitos Reservados |