Colíder - Terça-Feira, 16 Jul 2024
(66) 9.9680-3949
Colíder News
Peter O Seu Portal de Notícias
Hora Certa
NetFácil Internet O Seu Portal de Notícias

Jovem diz que matou empresário após ser `paquerado´ dentro de bar em MT

O suspeito afirmou que, após o alegado assédio, saiu do bar, voltou armado com um revólver calibre 38 e seguiu com Clever até o local, disparando...

21 Jun 2024 às 09:27
RGT News

Polícia Civil prendeu um jovem de 22 anos, nesta quarta-feira (19), sob suspeita de matar Clever Luciano Venâncio, de 39 anos, dono de uma oficina mecânica em Rio Branco-MT, na fronteira do estado. O rapaz alegou que Clever o assediou enquanto estavam em um bar na região.


Clever foi morto com um tiro no rosto, disparado por um revólver calibre 38. Populares encontraram o corpo em Lambari d’Oeste, próximo ao portal de entrada da cidade. Proprietário da Venâncio Auto Center, Clever estava desaparecido e familiares e amigos divulgaram fotos e informações sobre seu sumiço, além de um número de telefone para contato.

A Polícia Civil informou que o pai de Clever procurou a Polícia Militar na manhã de quarta-feira para relatar o desaparecimento do filho, mencionando que Clever costumava enviar mensagens diárias, o que não ocorreu no dia anterior. Preocupado, ligou para o celular de Clever, mas recebeu a informação que o aparelho foi encontrado próximo a uma fazenda na região. A pessoa que encontrou o celular disse que seguia pela MT-247 por volta das 4h00, indo trabalhar, quando viu uma luminosidade no chão, percebeu que era um celular e o levou consigo para o trabalho, deixando-o no escritório.

Além disso, o pai de Clever relatou que ele havia saído de Rio Branco, onde tinha uma oficina mecânica, para comprar peças em Mirassol d’Oeste, sendo visto depois em Curvelândia. A Polícia Militar começou a investigação na região e encontrou o veículo da vítima, um VW Up branco, no bairro Cohab Planalto.

Corpo encontrado

Funcionários de uma cooperativa em Lambari d’Oeste relataram à polícia que encontraram um corpo próximo ao portal de entrada da cidade. Após buscas na MT-170 a PM abordou um táxi que transitava na estrada. O passageiro, sem documentos, com mais de R$ 1 mil em espécie e demonstrando nervosismo, entrou em contradição várias vezes e acabou confessando o assassinato de Clever Luciano.

O suspeito afirmou que, após o alegado assédio, saiu do bar, voltou armado com um revólver calibre 38 e seguiu com Clever até o local, disparando um tiro em seu rosto. Posteriormente, fugiu com o veículo e pertences da vítima, abandonando o telefone na margem da MT-247 e o carro no local. Disse ter deixado a carteira e a arma em uma residência, pegando a maior parte do dinheiro.

Acompanhe o nosso trabalho também nas redes sociais;

Siga a nossa página do Colidernews no Facebook.

Acompanhe nossas matérias no Grupo de WhatsApp.

Saiba tudo do nosso site na pagina oficial do Twitter.

Siga o Colidernews também no Instagram.

Faça parte do nosso grupo de notícias no Telegram.

Junte-se ao Grupo do Colidernews no Signal.

O suspeito indicou o endereço onde estavam esses itens. Na casa, os policiais encontraram mais de 30 porções de pasta base e maconha, além da chave do veículo da vítima.

Previsão do Tempo - Colíder

°

Máxima: °
Mínima: °

Publicidades

Direitos Reservados |